Mensagem da FMCSV

Sobre liderança e inspiração

Uma visão e um olhar diferente

Além de ter sido um ano de crescimento, 2012 trouxe grandes mudanças à Fundação Maria Cecília Souto Vidigal (FMCSV). Desde 2005, o Conselho de Curadores foi presidido por Regina Vidigal Guarita, ou melhor, Regina. Quando assumiu o cargo, encontrou uma tarefa imensa a ser realizada: identificar um novo foco para a Fundação, que motivasse toda a família a se engajar na entidade criada por seus pais em 1965.

Porém, escolher o foco, estruturar a governança e mesmo montar a equipe foram grandes desafios, que Regina não enfrentou sozinha. Ela contou com o apoio de seus irmãos, filhos e sobrinhos. Por outro lado, sabemos que um bom time precisa de liderança, e isso ela soube exercer com paciência, compreensão e, mais que tudo, motivação. Quem a conhece, sabe que motivação para FAZER, não falta.

Durante sua gestão, a FMCSV iniciou a construção de um novo caminho no universo do terceiro setor, tanto pela atuação programática como pela administração profissionalizada. A FMCSV expandiu sua presença por meio de parcerias que vão desde fundações, prefeituras e ONGs de cidades no interior de São Paulo até trabalhos conjuntos com a Universidade de São Paulo e a Universidade de Harvard, nos Estados Unidos.

A comunicação tornou-se atividade estratégica, deixando de ser apenas suporte para outras áreas. Essa foi sempre a visão de Regina para a FMCSV. Uma interpretação própria, que hoje faz todo o sentido para a equipe e para o conselho.

Regina acompanhou quase tudo de perto. Fez críticas, elogiou e incentivou sempre. Soube “passar sua mensagem” com elegância, tanto nas horas duras como nas comemorações. Por vezes, comunicava sem sequer precisar falar.

Realizou muito, e nunca perdeu de vista o seu objetivo maior: um dia entregar a presidência do Conselho de Curadores e ter seus sobrinhos, filhos e netos no “timão e nas velas” da FMCSV. Ela alcançou sua meta no dia 6 de agosto de 2012, após ter conduzido cuidadosamente o processo de sucessão. Desde então, Guilherme Vidigal Gonçalves, seu sobrinho, responde pelos trabalhos do conselho, e seus filhos e demais sobrinhos participam da condução na FMCSV.

Regina deixou de ser presidente do Conselho de Curadores, mas não deixou de ser uma inspiração para aqueles que continuam trabalhando na Fundação Maria Cecília Souto Vidigal. Sabemos que ela continua conosco, apenas nos acompanha com um olhar diferente.

À Regina, o agradecimento da equipe e dos conselhos e comitês da Fundação Maria Cecília Souto Vidigal e os votos de muito sucesso em seus próximos empreendimentos.